quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Rota de Fuga - Stallone e Schwarzenegger chutando bundas!


Título: Rota de Fuga (Escape Plan) - 2013
Diretor: Mikael Håfström
Roteiro: Miles Chapman, Jason Keller
Elenco: Sylvester Stallone, Arnold Schwarzenegger, Jim Cavaziel, 50 Cent, Sam Neill


Quando Sylvester Stallone retornou ao cinema mainstream com "Rocky Balboa" e "Rambo IV", uma boa parte da imprensa especializada, caiu em cima e quase transformou o retorno do "dinossauro" em um grandioso vexame - o que não ocorreu graças a qualidade dessas produções, e ao carisma do "boca torta".

Aos poucos os idosos do cinemão de ação foram retornando, e o último grande herói a pegar o barco foi ninguém menos que o ex governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger - que retornou em os "Mercenários".

Resolvi citar esses fatos antes de entrar nas considerações sobre "Rota de Fuga" para lembrar a você a escassez de atores fodões que o cinema estava sofrendo em um época não muito distante. Não havia nada de novo, e a solução foi escalar a velha escola para chutar bundas!


Em Rota de FugaStallone vive Ray Breslin, um sujeito que ganha a vida testando prisões de segurança máxima. Isso mesmo! O calhorda é preso premeditadamente para tentar escapar de cadeias e assim descobrir falhas na segurança do local - mas como em todo bom filme de ação, nosso herói aceita um trabalho que levará ele aos limites físicos e mentais em uma jaula de segurança máxima totalmente fora dos padrões - nesse lugar ele conhece Swan Rottmayer (Arnoldão) que o ajudará a escapar do inferno.

Dirigido por Mikael Håfström que em seu currículo possui títulos como, Evil - Raízes do Mal; Fora de Rumo e O Ritual - aposta em uma linguagem rápida e personagens estereotipados para conduzir um roteiro simples - que privilegia ação rasteira e algumas reviravoltas. Nada de edição picotada aqui , ou seja, sem frescura e sem viadagem - um verdadeiro presente para Stallone e Arnoldão detonarem cada filha da puta que encontrarem pelo caminho!


O elenco é recheado de figuras conhecidas; o rapper 50 Cent em mais uma aventura no cinema; o esquecido e excelente Sam Neill; completando o time Vincent D´Onofrio e Vinnie Jones; com destaque para Jim Cavaziel, (o mesmo que viveu Jesus no polemico "Paixão de Cristo" de Mel Gibson) encarnando aquele típico vilão caricato e cheio de carisma que estávamos acostumamos a ver nos clássicos filmes de ação.

Rota de Fuga é tudo que a velha geração procura em um filme de macho, aqui a testosterona rola solta através de muita porradaria e chumbo grosso; não existem firulas e muito menos uma linguagem apelativa para conquistar adolescentes acostumados com herói bunda mole. Rota de Fuga é feito para homens e não para moleques!








2 comentários:

  1. Eu gostei, porque sou da velha guarda e adoro violência e ação sem muito nhem nhem e joguinhos/lições de ética.

    ResponderExcluir
  2. Seria ótimo um filme com esses dois ícones na década de 80/90. Já que não foi possível, se contentamos Rota de Fuga !

    ResponderExcluir