Piranhaconda - A piranha que encontra a cobra!


Título: Piranhaconda - 2012
Diretor: Jim Wynorski
Roteiro:  Mike MacLean, J. Brad Wilke
Elenco: Michael Madsen, Rachel Hunter, Rib Hillis

Dirigido por Jim Wynorkski um dos maiores picaretas do cinema contemporâneo; o sujeito é tão bizarro que em muitas produções em que ficou atrás das câmeras ele utilizou um nome fictício(???). Sim! Isso mesmo, Salvadore Ross, Harold Blueberry, Sam Pepperman, são alguns nomes que o sujeito utiliza por aí...seu extenso currículo que já conta com nada menos que 93 atentados cinematográficos!

Antes que você se pergunte porque classifiquei o rapaz como "picareta", bom, ele é conhecido por utilizar imagens de outros filmes e descaradamente incluir em suas produções...ultimamente o sujeito anda na "linha" e aparentemente deixou de lado esse artificio.

Piranhaconda como você pode imaginar, é trash, até o talo! O que mais chama atenção é a capa que estampa os nomes de Michael Madsen e Rachel Hunter. Tá certo que Madsen aceita atuar em qualquer porcaria; Hunter nunca foi uma grande estrela, mas deve estar na fase de aceitar qualquer porcaria para receber o cheque e pagar o aluguel.

Piranhaconda, sim, escreverei bastante "piranhaconda" no texto, até porque o nome é a única "coisa" genial na película. E isso significa o que? Atuações calhordas, efeitos especiais grotescos...já a direção ficou a quem do que Wynorski pode oferecer...faltou o ingrediente principal de seus filmes; garotas exibindo suas curvas gratuitamente, mas o desastre não foi total, existem várias deliciosas desfilando na tela...todas servindo de comida para a "cobra"(hehe).

Escrever sobre o roteiro é chover no molhado, qualquer criança escreveria uma porcaria melhor que essa. Porcamente explicaram a origem da tal "piranhaconda"; mas isso é o que menos importa para o espectador que se aventura nesse tipo de produção.

Assim como a falta de nudez, faltou mais sangue; não que o gore não esteja presente, ele está ali, porém, faltou a "nudez" sanguinária do segmento (entenderam? nem eu). A sensação é que a produtora (Syfy Channel) visando um público maior censurou elementos que agradam justamente o espectador que curte uma bagaça cinematográfica.

Vale ressaltar a ótima trilha sonora em sua maior parte rock. A maioria das músicas foram produzidas para o filme. O destaque fica com a excelente canção que tem em seu refrão o título da película e toca constantemente no decorrer da projeção, principalmente nas cenas onde o "bicho pega", literalmente!

Piranhaconda poderia ser mais, tinha tudo para ser um novo clássico do gênero. Não vai agradar ao público comum, porém, entretem o público trash. Vale pela curiosidade e pela diversão sem compromissos, afinal, só o cinema proporciona criaturas metade cobra e metade piranha!




Trailer




Trilha Sonora

Comentários

  1. Da medo.......assistir ao filme........kkk. Trash as vezes diverte. abs

    ResponderExcluir
  2. Esqueci de elogiar........seu título para o texto é show. kkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Altamente trash !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    FilmeLixo

    ResponderExcluir

Postar um comentário