segunda-feira, 20 de maio de 2013

Presos No Gelo (Fritt Vilt) - 2006


Essa é a produção Norueguesa mais famosa dos últimos anos; apostando no segmento onde jovens são perseguidos por um misterioso assassino - o filme segue a cartilha do gênero e apresenta algumas boas surpresas.

Por que "Presos No Gelo"? O grupo de adolescentes resolvem esquiar em montanhas isoladas quando um deles sofre acidente e precisa de cuidados; o grupo procura refugio para cuidar do rapaz e encontra uma velho hotel abandonado.

Cartilha para filmes "Slasher"

1 - Adolescentes idiotas (Não) - Eles são irritantes e estão presentes na maioria dos filmes do gênero, sempre em situações estúpidas; que fazem com que o espectador não se importe com os personagens; em "Presos No Gelo" os adolescentes existem e não são idiotas, apenas imaturos.

2 - Garotas nuas - (Não) - Apesar de contar com um elenco bonito fisicamente, a produção não foca em situações idiotas que consequentemente levam os jovens a se fu...(censurado) em todos os sentidos - aqui existe uma cena sensual, mas nada apelativa; inclusive é uma cena que é necessária para construir a identidade daqueles personagens.

3 - Atuações duvidosas (Não) - Atuações acima do esperado para esse tipo de produção, logico que não se trata de uma história que exige grande dedicação de seu elenco, mas aqui o negocio realmente funciona e de bônus temos como protagonista a musa do cinema Norueguês Ingrid Bolso Berdal.

4 - Assassino mascarado - (Sim) - Aqui a produção tinha que seguir a cartilha - até porque as produções do gênero que marcaram época e se tornaram clássicos como "Sexta Feira 13" e "Halloween" tinham seu assassino mascarado e isso ajuda muito nas cenas de suspense.

5 - Roteiro fraco - (Sim) - Lógico que o espectador que for assistir essa produção não vai esperar um roteiro do tipo Cristopher Nolan - a história é fraca e previsiel mas não cria situações estúpidas para seus personagens. O grande porem do roteiro é não se aprofundar nas motivações do assassino; algo que provavelmente foi explorado em suas continuações.

6 - Direção estúpida (Não) - A direção e o roteiro da película ficaram a cargo de Roar Uthaug que é um dos grandes diretores daquele país - que não procura resoluções fáceis para cenas difíceis e de quebra apresenta ótimos planos abertos e fechados conduzindo de forma eficiente suas lentes e consequentemente criando um clima de tensão raramente vista em películas do gênero.

"Presos No Gelo" é acima da média, slasher da velha escola atualizado!




Um comentário: