segunda-feira, 6 de maio de 2013

Estranha Obsessão (La Femme Du Vème) - 2011


"Estranha Obsessão" é uma daquelas obras não compreendidas pelo público devido ao seu alto grau de complexidade e seu andamento nada convencional. Pecorrendo vários segmentos cinematográficos o diretor Pawel Pawlikowski desafia o espectador com uma trama que exige atenção e entrega do espectador.

Tom Ricks (Ethan Hawke) é um escritor que viaja até Paris apos se envolver em um escândalo, sua ex esposa mora com sua pequena filha na cidade; uma ordem judicial não permite que Tom se aproxime de sua família. Apos uma tentativa frustada de visitar a garota o sujeito é furtado e perde sua bagagem e dinheiro; Tom consegue se hospedar em um pequeno hotel; o dono do local ajuda Tom e lhe arruma um emprego de vigia de um misterioso lugar onde provavelmente ocorre algum tipo de crime.

Apos estabelecer uma pequena rotina nosso protagonista conhece Margit (Kristin Scott Thomas) uma estranha e misteriosa mulher que se envolve com Tom em um sutil jogo de motivações psicológicas; afinal todo grande escritor já passou por grandes tragedias. Tom ainda arruma tempo para se envolver com a linda polonesa Nathalie (Delphine Chuillot) que é esposa do dono do hotel.

Construindo um personagem complexo e de difícil indentificação para com o público o roteiro explora exatamente isso; a figura de um sujeito comum envolvido em estranhos acontecimentos resultando em um jogo psicológico onde o perigo pode estar nele mesmo. Ótima atuação de Ethan Hawke que nunca decepciona e sempre escolhe bons projetos; uma pena um ator desse porte não ser tão valorizado por grandes produtores.

"Estranha Obsessão" é mais uma produção Francesa que caminha com facilidade pelo drama, romance e suspense para contar essa curiosa história; no fim da projeção somo envolvidos em uma crescente melancolia nos envolvendo em catarse psicológica junto com o protagonista, em ritmo de tragedia somos embalados para um final surpreendente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário