quinta-feira, 9 de maio de 2013

As Donas Da Noite (Wir Sind Die Nacht) - 2010



Depois do sucesso estrondoso de "Crepúsculo" filmes e livros sobre vampirismo vem brotando por todos os lados e muitas vezes a colheita é maldita(desculpe o trocadilho); e muitos deles seguem a mesma cartilha dos vampiros que brilham no sol e que se apaixonam perdidamente por seu alimento; em outras palavras a "tradição" vampírica cultuada em filmes e livros foi rasgada por essas produções voltadas para adolescentes.

"Donas Da Noite" é uma produção Alemã que respeita o histórico dos vampiros no cinema, aqui eles queimam ao sol, eles são sedutores e não são reféns de sentimentos humanos apesar de senti-los; por outro lado o desenvolvimento do roteiro e a fácil leitura audio visual fazem com que esse filme se torne altamente recomendado para fãs do "novo" e antigo vampirismo.

Na trama acompanhamos a vida de Lena (Karoline Herfurth) uma mulher que pratica furtos para sobreviver; tudo muda na vida da garota quando ela conhece Louise (Nina Hoss) uma poderosa vampira com grande poder econômico e com um pequeno grupo de "sanguessugas", Charlotte (Jennifer Ulrich) e Nora (Anna Fischer). Louise se apaixona por Lena, a transforma em um ser das trevas e apresenta um novo mundo para a garota que se encanta pela riqueza proporcionada pela vampira líder"; acontece que Lena não corresponde ao amor de Louise e se apaixona por outra pessoa, o detetive responsável por caçar esse perigoso "grupo" que vem assassinando pessoas em toda a cidade.

Essa história é um belo exemplo de romance entre vampiros e humanos que não precisa ser piegas, ele é apenas uma das motivações pela qual a protagonista Lena passa no decorrer da projeção. O diretor e roteirista Dennis Gansel faz bom proveito das sinistra noite alemã utilizando técnicas de iluminação e takes não convencionais que trazem identidade própria para a película.

"Donas Da Noite" é uma versão feminina e atualizada de "Garotos Perdidos"; sangue antigo com gosto de novo pronto para ser degustado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário