domingo, 3 de março de 2013

Lincoln - 2012



Crítica feita por mim para o portalcritico.com

O diretor Steven Spielberg é um nome que possui grande receptividade do público e da crítica, é um nome que se vende sozinho. E quando o diretor se junta como ator Daniel Day Lewis, um dos melhores do cinema contemporâneo, o resultado não poderia ser outro, Lincoln é um grande filme!

Para os mais desinformados, o filme não é uma biografia do ex-Presidente Americano, se resume na luta e na convicção de Lincoln para abolir a escravidão em meio a guerra civil americana. Diante disso fica o aviso que se trata de um filme político e que boa parte de sua projeção se passa dentro da Casa Branca e do congresso. Algumas cenas externas de muito bom gosto são mostradas no decorrer do longa, mas aqui o foco principal é outro.

Para manter a atenção do público, Spielberg escalou alguns nomes de peso para seu elenco coadjuvante: Tommy Lee Jones encabeça a lista com uma atuação monstruosa; Sally Field está digna de aplausos e ainda temos Joseph Gordon Lewit que sempre entrega boas atuações e aqui não foi diferente.

A produção está impecável; figurino, fotografia e sua emocionante trilha assinada por ninguém menos que John Williams. Tudo funciona como uma ópera pronta para embalar o espetáculo de Daniel Day Lewis.

Temos o raro caso onde personagem e ator se envolvem de tal forma que para muitos o próprio Lincoln encarnou em Daniel. Sem soar piegas com essas linhas, a atuação é tão magnifica que fica difícil descrever; sendo todos os adjetivos conhecidos insuficientes para resumir essa atuação.

Lincoln não é um filme fácil, mas torna-se uma experiência cinematográfica sem precedentes!


Nenhum comentário:

Postar um comentário