segunda-feira, 11 de março de 2013

Criaturas Da Noite (Night Junkies) - 2007


"Criaturas da Noite" não apresenta nada de novo, roteiro comum, direção simples, produção independente, mas tudo permeado por uma atmosfera sombria que torna a película um pequeno grande filme sobre vampiros.

Os chupadores de sangue aqui não possuem super poderes, muito pelo contrário, eles são colocados no mesmo patamar dos dependentes químicos, o sangue é a droga, o assassinato a culpa. A stripper Ruby Stone (Katia Winter) conhece Vincent Monroe (Giles Alderson) em um bar e logo iniciam um romance, ainda na primeira noite junto Ruby descobre que seu companheiro é um vampiro e ele a transforma em um ser das trevas. Acontece que a moça não consegue matar suas vitimas em potencial, e propõe ao amado que parem de se alimentar com sangue e curem seu vício.

O roteiro é feliz em traçar um paralelo entre a dependência de sangue dos vampiros para com os viciados em drogas ilícitas, em nenhum momento o roteirista faz questão de aprofundar os personagens, mas incrivelmente o espectador se identifica com o carisma do casal protagonista, apesar dos mesmos serem totalmente anti-heróis.

O vilão da película é caricato e assustador, a cena onde o sujeito lambe o rosto da prostituta que acabara de ser espancada por ele é sensacional, tudo isso permeado com uma trilha sonora ambiente que funciona perfeitamente com o clima vampírico que esta presente em cada cena. Essa trilha ainda conta com músicas góticas e blues e tem fundamental importância para a película.

O diretor e também roteirista Lawrence Pearce vai direto ao ponto e mostra tudo que o espectador procura nesse tipo de produção, sangue, sexo e romance, com algumas cenas graficamente belas, inclusive a cena de acasalamento dos protagonistas. "Criaturas da Noite" é um filme que nasceu para ficar na escuridão e ser apreciado por poucos habitantes que se aventuram através das sombras.




Nenhum comentário:

Postar um comentário