sábado, 9 de fevereiro de 2013

O Voo (The Flight) - 2012


Robert Zemeckis é o diretor responsável por alguns clássicos como "Forrest Gump", "Contato" e "De Volta Para O Futuro", em seu novo filme ele aposta na superação para contar a história de um experiente piloto de avião que sofre com o consumo desenfreado de bebidas alcoólicas.

Para o papel principal foi escalado o aclamado Denzel Washington que estava em voo turbulento em sua carreira, era preciso uma boa manobra para o ator voltar a voar por nuvens mais seguras e tranquilas. Ao ler o script de "O Voo" certamente Denzel soube que poderia explorar seu lado mais dramático como a muito não fazia. A escolha de viver o alcoólatra Whip Whitaker foi um dos maiores acertos de sua carreira, consequencia disso é a boa recepção de publico e crítica, o que lhe rendeu varias indicações a melhor ator, incluindo o Oscar.

"O Voo" tem problemas em seu ritmo, o roteiro é bem escrito mas sofre com seus altos e baixos. O personagem principal não é carismatico, propositalmente. No inicio da projeção somos apresentados a Whip como um bêbado, mulherengo que possui uma relação nada amistosa com sua ex-mulher e filho.

Em mais um voo de rotina Whip Whitaker é surpreendido por varias turbulências que causam uma pane geral no avião que acarreta na queda do mesmo, resultando em algumas vítimas. Whip é considerado herói por "aterrizar" um avião naquele estado e por salvar tantas vidas. Os problemas começam para o piloto quando uma auditoria é feita e em seu sangue é encontrado álcool, além de garrafas de bebidas alcoólicas vazias encontradas no avião.

De herói a vilão, o personagem entra em um crise de auto conhecimento, se afogando na bebida para esconder seus erros com sua própria vida, no céu um gênio, na terra um desastre, esse é Whip Whitaker.

A direção correta de Zemeckis ganha destaque na cena da queda do avião, talvez uma das melhores cenas de desastre aéreo já feitas. No elenco coadjuvante encontramos Don Cheadle, John Goodman e Melissa Leo, todos muito bem, mas o destaque fica mesmo com Denzel Washington.

"O Voo" não é um filme excepcional, esta longe disso, mas é um bom drama sobre um tema recorrente mas sempre atual.



Nenhum comentário:

Postar um comentário