quarta-feira, 25 de junho de 2014

Grabbers: Cerveja, monstros e diversão!


Título: Grabbers - 2012
Diretor: Jon Wright
Roteiro: Kevin Lehane
Elenco: Richard Coyle, Ruth Bradley, Russell Tovey

Como não gostar de Grabbers? Afinal, não é qualquer filme que coloca a salvação de seus personagens no consumo de bebidas alcoólicas. Fique bêbado para sobreviver!

Esse plot já seria suficiente, não?

Essa película dirigida Jon Wright é bem mais que isso! O diretor utiliza recursos técnicos de alto nível e presenteia o espectador com enquadramentos de câmera belíssimos que proporcionam uma fotografia bem acima da média para um filme considerado B, trash, ou qualquer outra denominação tosca que você imaginar.

Na história uma pequena ilha da costa da Irlanda é atacada por monstros alienígenas que só não devoram os moradores que se encontram bêbados, ou seja, todos tem de encher o pote para sobreviverem!


O interessante é que apesar do roteiro nonsense, existe uma boa construção de personagens - méritos para o casal protagonista composto por Richard Coyle e Ruth Bradley que conquistam o espectador com atuações carismáticas.

Outro destaque são os efeitos especiais com CGI acima da média, parece mesmo que os monstros estava contracenando com os atores, méritos do diretor que soube utilizar a iluminação necessária para manter o bom gosto nas cenas de "ação". Lembrando que a película custou 4 milhões de euros aos bolsos dos produtores.


Vale lembrar que esse é o único trabalho de Jon Wright - que foi escalado para dirigir o aguardado blockbuster de ficção científica Robot Overlords.

Grabbers é aquele tipo de filme que passa batido, que você olha e não espera nada. Um pequeno tesouro perdido em alguma caixa de cerveja, esperando para ser consumido por cinéfilos que procuram diversão e álcool em profusão!








quarta-feira, 4 de junho de 2014

The Sacrament: O perturbador found footage de Ti West


Título: The Sacrament - 2013
Diretor: Ti West
Roteiro: Ti West
Elenco: Gene Jones, Amy Seimetz, Joe Swanberg


Um dos maiores diretores do gênero terror se aventura pelo saturado found footage! Conhecido por fazer horror com jeitão da velha escola, Ti West surpreende com um thriller de suspense de alta qualidade.

O mesmo Ti West assina o roteiro e montagem do filme - que não enrola o espectador e vai direto ao tema central da película, com uma breve introdução de personagens e suas motivações.

A trama mostra um grupo de jornalistas que se vêem envolvidos pela estranha reclusão "religiosa" da irmã de um deles - a moça se encontra isolada em uma comunidade independente, que segundo ela, é o paraíso na terra. Ao receber uma carta para conhecer o local, o grupo parte para uma viagem que irá surpreender a todos.


Para construir um found footage sem equívocos, é necessário que o roteirista justifique as câmeras nas mãos de seus personagens. Em "The Sacrament" isso é facilmente contornado com a motivação dos personagens em transformar a tal comunidade em uma matéria jornalistica.

"The Sacrament" apresenta construção de personagens minuciosa - utilizando esses como o fator "assustador" da trama - comprovado no líder da ceita, conhecido como Father (pai) - que merece atenção especial pela atuação assustadoramente amável de Gene Jones.

Assustadoramente amável?

Isso mesmo! O tal do "pai" é uma personagem que encanta e assusta. Sua ideologia coloca em duvida as convicções dos personagens e também dos espectadores.


Se o mundo do cinema fosse justo, todos os prêmios de atuação deveriam ir para as mãos de Gene Jones! hehe

Vale ressaltar que a produção ficou a cargo de Eli Roth, responsável pelo aclamado "O Albergue".

"The Sacrament" utiliza imagens perturbadoras para mostrar o fanatismo religioso. Esqueça monstros e espíritos. Ti West aterroriza através da natureza humana!




segunda-feira, 2 de junho de 2014

Tralhas que você não conhece: Seres Rastejantes


"Slither" é trash até o talo e divertido no limite! Lançado no Brasil como "Seres Rastejantes" o filme possui todos os elementos de uma boa tralha.

O elenco conta com nomes de peso e que não são vistos frequentemente nesse tipo de produção - a deliciosa Elizabeth Banks e o canastrão Michael Hooker em atuação calhorda! hehe

James Gunn assina a direção. Vale lembrar que ele foi escalado para dirigir e escrever o aguardado "Guardiões da Galáxia".

Sinopse: Grant Grant (Michael Rooker) é um dos poucos bem-sucedidos homens de negócios da pequena cidade de Wheelsy. Ele é casado e completamente apaixonado por Starla (Elizabeth Banks), apesar dela não sentir a mesma afeição por ele. Apesar disto, Grant leva uma vida feliz. Entretanto sua vida muda por completo após conhecer Brenda Gutierrez (Brenda James), a irmã caçula de uma antiga namorada. Ao dar uma volta sob o luar eles encontram algo gosmento no meio do mato, que parece ter vindo de destroços de um meteoro. Subitamente esta massa ganha vida e penetra no corpo de Grant, tornando-o seu hospedeiro. Aos poucos o ser alienígena toma conta das ações de Grant, tornando-o uma criatura sedenta de sangue e com a necessidade de infectar outros humanos.

A tal da criatura sedenta por sangue é escrota pra caralho, apesar de bem feita. Essa é uma tralha que irá divertir até mesmo quem não é acostumado com o gênero.

Trash da melhor qualidade, ou se preferir, da pior qualidade!

Trailer



Melhores cenas


Ficha técnica
Título: Seres Rastejantes (Slither) - 2006
Direção: James Gunn
Roteiro: James Gunn
Elenco: Michael Rooker, Elizabeth Banks, Brenda James