Savaged: Quando um anjo se transforma em demônio


Título: Savaged - 2013
Diretor: Michael S. Ojeda
Roteiro: Michael S. Ojeda
Elenco: Amanda Adrienne, Tom Ardavany, Ronnie Gene 

Filmes sobre vingança com mulheres sempre chocaram e fizeram a cabeça de fãs do gênero terror. O clássico "A Vingança de Jennifer" é até hoje lembrando como o filme de vingança mais chocante de todos os tempos - rotulo conquistado na época em que foi lançado, mais precisamente em 1978 - onde a rebeldia era o fio condutor dos jovens americanos. Vale lembrar que o remake "Doce Vingança", apesar de forte, nem de longe causou o impacto que o original.

É não é difícil concluir porque esse tipo de película funciona e causa repulsa até os dias de hoje.


"Nossa! Isso poderia acontecer comigo"

É isso que o espectador pensa ao assistir uma jovem surda e inocente ser brutalmente violentada e jogada morta em um lugar deserto. "Savaged" trabalha nesse ponto.

A jovem Zoe (Amanda Adrienne) é encontrada sem vida por um índio - que em um ritual tenta ressuscitar a moça, mas ela retornar junto ao espírito de um pajé que busca vingança sobre os mesmos caras que barbarizaram Zoe. O diretor e roteirista Michael S. Ojeda inovou ao inserir tons sobrenaturais e de quebra justificou a força física da garota para lutar contra os marmanjos.


As atuações dos "vilões" gera revolta no espectador, ou seja, cumpre seu papel. O destaque fica para a bela Amanda Adrienne que faz de sua personagem um anjo para depois transformá-la em um demônio. O ritmo é intenso e a ação está sempre presente em cenas on screen. O ponto negativo fica para os efeitos especiais envolvendo o tal do espírito.

A vingança é banhada a sangue! Um verdadeiro banquete para o público que alimenta sua lado sádico em uma situação onde o certo é se vingar da melhor (ou pior) maneira possível.

"Savaged" se encaixa no que muitos chamam de terror social, onde o medo habita na possibilidade da ficção se tornar realidade. A película trabalha isso na mente do espectador através da violência desenfreada - afim de satisfazer nosso lado mais cruel sem nos sentirmos culpados!





Comentários

  1. To muito curioso pra ver esse filme!

    http://filme-do-dia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário